Johto ou Unova: O Que Virá A Seguir?

Saudações Treinadores. Daqui fala KuroBlitz, o mais recente membro da equipa PokéCenterBlog. Estou bastante entusiasmado para partilhar convosco as novas notícias que virão sobre o franchise de Pokémon, assim como também novas avenidas e tópicos por explorar e apresentar… desde anime, manga, cartas, videojogos, teorias, rumores, análises, etc.

Estou na comunidade online de Pokémon desde o verão de 2002, altura em que via as notícias sobre o Filme 5 – Pokémon Heroes, e notícias sobre os jogos da 3ª geração para o GameBoy Advance – Pokémon Ruby Version e Pokémon Sapphire Version. Nos recentes anos decidi, como passatempo, criar um canal de YouTube que conta atualmente com mais de 1400 subscritores, de modo a poder expandir a minha paixão por Pokémon através de um hobby, ganho devido ao meu gosto natural por escrita criativa.

Muito obrigado por me incluirem na equipa. Espero dar o meu melhor e trazer-vos uma nova e fresca perspectiva em relação a Pokémon no geral, como também poder expandir os horizontes e conhecimentos da comunidade Portuguesa.

Mas vamos ao assunto principal do artigo.

Agora que aguardamos por mais novidades e datas de lançamento para o DLC “The Hidden Treasure Of Area Zero” de Pokémon Scarlet e Pokémon Violet neste Pokémon World Championships de 2023, muitos fãs já debatem e especulam quais serão os próximos remakes a seguir a Brilliant Diamond e Shining Pearl, de modo a que a 9ª geração possa finalizar a era da Nintendo Switch.

Remakes de Johto já estão a ser falados apenas 8 meses após o lançamento de Scarlet e Violet devido a HeartGold e SoulSilver terem sido lançados após Platinum, sendo assim uma maneira de se conectar a Kanto de novo devido aos jogos Let’s Go Pikachu! e Let’s Go Eevee! serem os primeiros para a Nintendo Switch, fechando assim um capítulo para os fãs, voltando às raízes do nascer desta nova era.

Porém, se tal possibilidade for descartada, Unova estaria a seguir nesta “linha de montagem”, contudo não se sabe se iriam remasterizar apenas uma versão com o conteúdo da sequela como DLC, ou se adaptariam para o estilo “Legends” em termos de história e jogabilidade.

Este talvez, podendo mostrar o Original Dragon sem ter a necessidade de ter o Kyurem como mascote de capa (pode ser Victini, Meloetta… ou ambos… ou até mesmo um novo Pokémon qual nunca ouvimos falar). Pode muito bem ser um Legends no futuro com Genesect e assim ser uma espécie de Black 3 e White 3.

O que é facto é que Pokémon Legends: Arceus tem imensas conexões com ambas a regiões, tanto como Pokémon, personagens, locais, etc. Qualquer hipótese é bem-vinda.

O que muitos não sabem, e talvez poucos se lembrem, é que Johto e Unova já se cruzaram múltiplas vezes, a principal destas foram os eventos de 2010 de Zorua e Zoroark em Pokémon Black e White, onde o mítico Celebi e as Shiny Legendary Beasts – Raikou, Entei e Suicune – os podiam desbloquear.

Contudo, em 2013, hà precisamente 10 anos atrás do dia de hoje (01 de Agosto de 2013) foi lançado o 136º episódio da saga Pokémon Best Wishes (o 52º da Season 2 e 14º do arc Decolora Adventure!), este sendo intitulado em Portugal “Um Pokémon de Uma Cor Diferente!” onde Ash e Charizard se reencontram com Clair, prima de Lance, Mestre de Dragões, e a líder de ginásio de Blackthorn City da região de Johto.

Ash apresenta Cilan e Iris a ela, tendo esta uma enorme admiração pela jovem mulher. Iris informa Clair que estou na Academia de Opelucid e foi instruída por Drayden para se tornar na sua sucessora. Clair fica espantada, já que a sua intenção era visitar Drayden em Unova, assim como a Dragon Village, a cidade natal de Iris, devido a ela ouvir rumores de um Druddigon shiny a viver nas cavernas da ilha.

Após o intrometer regular da Team Rocket, os nossos heróis salvam o dia e Clair consegue parar o ataque Outrage de Druddigon tal como fez com a sua Dragonite hà gerações atrás. Até mesmo a jornalista Alexa da região de Kalos conseguir tirar fotografias ao raro Pokémon para o seu artigo.

Iris e Clair prometem reencontrar-se e batalhar no futuro, algo que acontece durante o decorrer da série XY em 2014, onde Iris captura um Gible e persegue um Rayquaza, voltando 7 anos depois com a Campeã da Região de Unova de modo a promover a sua mais recente iteração em Pokémon Black Version 2 e White Version 2 para a Nintendo DS, e também no jogo mobile Masters EX.

E pronto, é tudo, treinadores. Espero que tenho gostado desta análise. Mais virão no futuro.

Aconteça o que acontecer, e quais os próximos jogos que a franquia nos disponha num futuro próximo – Johto, Unova, outro qualquer, etc. – que os recebemos com otimismo e cabeça erguida como os grandes fãs de Pokémon que somos. O que quer que venha, há-de ser uma surpresa para ser construtivamente criticada.

Sem mais demoras, despeço-me com os meus melhores cumprimentos. Até uma próxima.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.